Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Círculo do Graal

Em cada povo, em cada ser humano, tem de existir, primeiro, a base para a receção dos elevados reconhecimentos de Deus, que se encontram na doutrina de Cristo.

Círculo do Graal

Em cada povo, em cada ser humano, tem de existir, primeiro, a base para a receção dos elevados reconhecimentos de Deus, que se encontram na doutrina de Cristo.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

21
Jun18

A criação do ser humano

Círculo do Graal

nascim_blog.jpg

  

“Deus criou o ser humano segundo a Sua imagem e o soprou, animando-o com o Seu alento!” Trata-se de dois acontecimentos: o criar e o vivificar! Ambos os processos ficaram severamente sujeitos às vigentes leis Divinas, como tudo o mais.

 

Nada pode ultrapassar o âmbito das mesmas. Nenhum ato da Vontade Divina se oporá às inamovíveis leis que conduzem esta Vontade Divina. Até mesmo toda a revelação e promessa realiza-se com base nessas leis, devendo cumprir-se através delas e não diferentemente!

Assim também a encarnação do ser humano na Terra, que constituiu um progresso da Criação grandiosa, a passagem da matéria grosseira para um estágio inteiramente novo e mais elevado.

Falar da encarnação do ser humano condiciona o conhecimento do mundo de matéria fina, pois o ser humano em carne e sangue é posto como elo de ligação favorecedor entre a parte da Criação de matéria fina e a de matéria grosseira, enquanto suas raízes permanecem no espiritual.

“Deus criou o ser humano segundo a Sua imagem!”

Esse criar ou conformar foi uma extensa corrente no desenvolvimento que se processou rigorosamente dentro das leis entretecidas na Criação pelo próprio Deus. Instituídas pelo Altíssimo, essas leis atuam ferreamente com ritmo contínuo no cumprimento de Sua Vontade, automaticamente, como uma parte Dele, ao encontro da perfeição.

Assim também se deu com a criação do ser humano, como coroa de toda a obra, na qual se deveriam reunir todas as espécies existentes na Criação. Por isso, no mundo de matéria grosseira, na matéria terrenamente visível, foi formado pouco a pouco, pelo desenvolvimento progressivo, o recetáculo onde pôde ser encarnada uma centelha proveniente do espiritual, que era imortal.

Pelo contínuo e progressivo processo de formar, surgiu com o tempo o animal desenvolvido ao máximo que, raciocinando, já se servia de diversos meios auxiliares para a manutenção da vida e para a defesa. Podemos também hoje observar espécies de animais que se utilizam de alguns meios auxiliares para obter e conservar suas necessidades de vida e que mostram, muitas vezes, na defesa, surpreendente astúcia.

Os animais desenvolvidos ao máximo, antes mencionados, que com as transmutações operadas na Terra acabaram desaparecendo, são designados hoje como “seres humanos primitivos”. Chamá-los, porém, de antepassados do ser humano é um grande erro! Com o mesmo direito se poderia designar as vacas como “mães parciais” da humanidade, visto que um grande número de crianças, nos primeiros meses de vida, necessita do leite de vaca para o desenvolvimento de seus corpos, permanecendo, portanto, com o auxílio delas em condições de viver e crescer.

Muito mais do que isso não tinha que ver também o “ser humano primitivo”, esse animal nobre e pensante, com o verdadeiro ser humano, pois o corpo de matéria grosseira do ser humano nada mais é do que o meio auxiliar indispensável de que ele necessita para poder agir em todos os sentidos na matéria grosseira terrenal, e fazer-se compreender.

Com a afirmação de que o ser humano descende do macaco, literalmente, “joga-se fora a criança com a água do banho”! Com isso ultrapassa-se de muito o objetivo. Uma parte do processo fica é erigida como fato único e total. Aí falta o essencial!

Seria adequada, se o corpo do ser humano fosse realmente “o ser humano”. Mas o corpo material é apenas sua vestimenta, que ele despe tão logo retorne à matéria fina.

Como se deu então a primeira encarnação do ser humano?

 

leia mais sobre o tema… A criação do ser humano - Volume II

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar