Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Espírito

por Círculo do Graal, em 08.03.14

Dissertação para leitura no próximo domingo (9.00 h – 10.00 h, TMG – Lisboa)

Usa-se com tanta frequência a expressão “espírito”, sem que aquele que sobre isso fale esteja consciente do que realmente seja espírito. Um denomina espírito, sem mais nem menos, a vida interior do ser humano, outro confunde alma e espírito; muitas vezes se fala também em seres humanos dotados de espírito, pensando aí em nada mais do que em simples trabalho cerebral. Fala-se de relâmpagos do espírito e de muita coisa mais. Mas ninguém se põe uma vez a esclarecer direito o que é espírito.

O mais elevado que até agora se compreende jaz na expressão: “Deus é espírito”! Disso, pois, tudo se deduz. Tentou-se através dessa firmação, poder compreender também o próprio Deus, e nisso encontrar um esclarecimento sobre Ele.

Justamente isso, porém, teve que desviar novamente a realidade, acarretando assim também erros, pois é errado dizer simplesmente: Deus é espírito.

 

Deus é Divino e não espiritual! Nisto já consiste a explicação. Não se deve nunca designar espírito o que é Divino. Somente o espiritual é espírito! Esse erro até agora existente em tal conceção é explicável pelo facto de o ser humano provir do espiritual, não conseguindo por isso raciocinar além do espiritual, sendo consequentemente todo o espiritual o mais elevado para ele.

É, pois, admissível que ele queira ver o mais límpido e o mais perfeito disso como origem de toda a Criação, portanto, como Deus. Assim pode-se supor que essa conceituação errada não se originou apenas da necessidade de imaginar seu Deus segundo a própria espécie, conquanto perfeito em todos os sentidos, a fim de se sentir mais intimamente ligado com Ele, mas a razão se encontra principalmente na incapacidade de compreender a verdadeira excelsitude de Deus.

 

Deus é Divino, Sua Vontade é espírito. E dessa Vontade viva originou-se o ambiente espiritual que Lhe está mais próximo, o Paraíso com seus habitantes. Desse Paraíso, porém, adveio a criatura humana como semente espiritual, a fim de prosseguir seu percurso pela Criação ulterior. O ser humano é, portanto, portador do espírito no conjunto da Criação material. Por esse motivo se encontra em suas ações atado à pura Vontade primordial de Deus, devendo assumir toda a responsabilidade para tanto, se deixar que esta fique impuramente coberta de todo por influências externas da matéria e, sob certas circunstâncias, soterrada temporariamente, de modo total.

É o tesouro ou o talento que em sua mão devia dar juros e mais juros. Da falsa aceção de que o próprio Deus seja espírito, portanto, de idêntica espécie como a da origem do próprio ser humano, decorre nitidamente que o ser humano jamais pôde fazer uma ideia exata da Divindade. Ele deve não apenas imaginar nisso o mais perfeito de si próprio, mas terá que ir muito além, até aquela espécie que sempre lhe permanecerá incompreensível, porque para a apreensão dela jamais estará apto por sua própria espécie espiritual.

 

O espírito é, por conseguinte, a Vontade de Deus, o elixir de vida de toda a Criação que dele precisa estar impregnada a fim de se manter. O ser humano é o portador parcial desse espírito, que deve cooperar, ao tornar-se autoconsciente, para o soerguimento e o desenvolvimento progressivo de toda a Criação. Para isso é necessário, contudo, que aprenda a se servir direito das energias da natureza e as utilize para progresso em conjunto.

O que aqui é dito deve constituir apenas uma indicação provisória, à qual mais tarde se seguirão ainda dissertações exatas, onde as diferentes espécies de espírito serão descritas com nítidas delimitações.

 

Abdruschin

                        

Dissertação, “Espírito”, da obra “Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal”, volume II.

Leia a dissertação (Pág. 228) em formato PDF, sem custos, ao descarregar o livro.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031





Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Favoritos