Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Primeiro Passo

por Círculo do Graal, em 22.12.12

Dissertação para leitura no próximo domingo (9.00 h – 10.00 h, TMG – Lisboa)

 

 

Deixai minha Palavra se tornar viva em vós, pois unicamente isto pode vos trazer aquele proveito de que precisais, para que vosso espírito possa elevar-se às alturas luminosas dos eternos jardins de Deus. Não adianta nada saber da Palavra! E mesmo que possais saber de cor a minha Mensagem inteira, frase por frase, a fim de instruirdes a vós próprios e aos vossos semelhantes… não adiantará nada, se não agirdes de acordo, se não refletirdes no sentido da minha Palavra, e se em toda a vossa existência terrena não vos enquadrardes nela como sendo uma coisa natural, que se impregnou em vossa carne e em vosso sangue, e que não se deixa separar de vós. Somente assim podereis haurir os valores eternos de minha Mensagem, e o que ela contém para vós.

 

Por suas obras deveis reconhecê-los! Estas palavras de Cristo, destinam-se antes de mais nada a todos os leitores da minha Mensagem! Por suas obras, quer dizer, por sua atuação, isto é, seus pensamentos, seus atos no quotidiano da existência terrena! Como atos se compreende também o vosso modo de falar e não apenas o vosso modo de agir, pois o falar é uma ação, que até agora tendes subestimado nos seus efeitos. A isso pertencem até mesmo os pensamentos. Os seres humanos estão acostumados a dizer que os pensamentos “não pagam taxas”. Com isso querem significar que não podem ser chamados a prestar contas terrenamente sobre pensamentos, porque estes se acham num degrau que as mãos do ser humano não alcançam. É por isso que muitas vezes brincam da maneira mais leviana com os pensamentos, ou, melhor dito, brincam em pensamentos. Trata-se, não raro, infelizmente, de brinquedo muito perigoso, na leviana suposição de que disso poderão sair indenes.

 

Enganam-se nisso todavia, pois também os pensamentos pertencem à matéria grosseira e também em todas as circunstâncias nela mesma, devem ser antes remidos, para que um espírito se torne apto a subir livremente, assim que se desfaça a ligação com o corpo terreno. Procurai, portanto, vibrar constantemente, já com os vossos pensamentos, no sentido de minha Mensagem, de modo a só quererdes o que é nobre, não descendo a baixezas, apenas porque imaginais que ninguém pode ver ou ouvir. Pensamentos, palavras e atos exteriores pertencem todos eles ao reino da matéria grosseira desta Criação! Os pensamentos agem na parte fina da matéria grosseira, as palavras na média e os atos exteriores se formam na mais grosseira, isto é, na mais espessa matéria grosseira. Todas essas três maneiras de vossa atuação são materialmente grosseiras!

 

Mas as formas de todas as três estão estreitamente ligadas umas às outras e seus efeitos se entrelaçam. O que isso significa para vós, e como muitas vezes pode se tornar incisivo e determinante no decorrer de vossa existência, não podeis calcular no primeiro momento. Não significa outra coisa senão que também um pensamento automático em sua espécie, pode, continuando a agir, fortalecer uma contextura de igual espécie e assim dar ensejo a formas mais vigorosas na matéria grosseira média, bem como, seguindo nesse fortalecimento e prosseguir atuando, redundar numa forma atuante visível na matéria mais grosseira, sem que pareça que vós próprios coparticipeis diretamente. É abalador saber disso, quando se conhece a leviandade e displicência no pensar dos seres humanos terrenos.

[…]

Acautelai-vos de querer obter à força, lutando, essa pureza de pensamento, pois desse modo a comprimireis em determinadas direções, e vossos esforços se transformarão em ilusão, ficando forçada somente artificialmente, e jamais poderia ter o grande efeito que deveria ter. Vossos esforços se tornariam nocivos em lugar de úteis, por lhes faltar a autenticidade da livre intuição. Isso mais uma vez seria um efeito da vontade do vosso raciocínio, nunca, porém, o trabalho do vosso espírito! Advirto-vos disso! Pensai na Palavra da minha Mensagem, que vos diz que toda a grandeza autêntica só pode residir na simplicidade, pois toda a verdadeira grandeza é simples. A simplicidade a que me refiro, vós certamente podereis melhor compreender, se colocardes nesse lugar, como termo de transição, o conceito humano-terreno de singeleza. Isso talvez esteja mais perto da vossa capacidade de compreensão e acertareis.

 

Não será com vontade mental que podereis dar aos vossos pensamentos aquela pureza a que me refiro, mas sim singelamente e sem limites tem de brotar em vós a vontade pura, partindo da vossa intuição, e não comprimida numa palavra, a qual apenas limitadamente pode deixar surgir um conceito. Assim não deve ser, mas, pelo contrário, um impulso ilimitado para o bem, que seja capaz de envolver o surgimento de vossos pensamentos, penetrando-os, antes mesmo de tomarem forma; isso é o certo e do que necessitais. Não é difícil, é mesmo mais fácil do que outras tentativas, tão logo deixeis a singeleza governar, na qual não há possibilidade de surgir a presunção intelectiva da própria capacidade e da própria força. Esvaziai-vos de pensamentos e deixai irromper livremente em vós o impulso para as coisas nobres e boas, e tereis então aquela base para o pensar, que promana da vontade do vosso espírito; e o que surgir daí podeis deixar com toda a calma ser executado na matéria grosseira mais densa pelo trabalho mental. Assim nunca poderá se formar algo errado.

 

Atirai para longe de vós aflições oriundas de pensamentos, confiando tão só em vosso espírito, que abrirá para si o caminho certo, caso vós próprios não o emuralhardes. Tornai-vos livres em espírito, outra coisa não quer dizer senão, deixai em vós o espírito seguir o seu caminho! Ele nem poderá então fazer outra coisa a não ser seguir para as alturas, pois por sua própria contextura será atraído com segurança para cima. Até aqui o detivestes, de modo que ele não mais pôde se desenvolver, pois paralisastes com isso seu vibrar ou suas asas. A base para a formação duma nova humanidade reside nesta única frase que já não podeis nem deveis contornar: Conservai puro o foco dos vossos pensamentos! Por aí é que o ser humano tem de começar! É a sua primeira tarefa, que o prepara para aquilo que ele tem de se tornar. Um exemplo para todos os que se esforçam para a Luz e a Verdade, e que querem servir agradecidos ao Criador, através da maneira de todo o seu ser. Quem cumpre isso não precisa mais de quaisquer outras instruções. Ele é como deve ser e desse modo receberá auxílios integrais que o aguardam na Criação e ininterruptamente o conduzirão para o alto.

 

Abdruschin

 

Excerto da Dissertação, “O Primeiro Passo”, da obra “Na Luz da Verdade - Mensagem do Graal”, volume I.

Esta dissertação (Pág. 74) pode ser lida em formato PDF ao descarregar o livro.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031





Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Favoritos