Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Enrijecimento

por Círculo do Graal, em 01.12.12

Dissertação para leitura no próximo domingo (9.00 h – 10.00 h, TMG - Lisboa)

 

Na Criação tudo é movimento. O movimento, originado através da pressão da Luz, completamente de acordo com a lei, produz calor e permite o surgimento de formas. Sem Luz não poderia, portanto, haver movimento e assim pode o ser humano imaginar que o movimento seja muito mais rápido e mais forte na proximidade da Luz do que em distâncias longínquas.

Realmente será também o movimento mais lento e mais vagaroso pela distância da Luz, podendo isso levar com o tempo ao Enrijecimento de todas as formas já constituídas por um movimento anterior mais intenso.

Sob a expressão “Luz” não se deve naturalmente compreender neste caso a Luz de algum astro, e sim a Luz Primordial, que é a própria vida, portanto, Deus!

 

Em complemento ao quadro dado, apresentando uma visão ampla sobre os processos na Criação, quero hoje dirigir a atenção para a Terra, que atualmente descreve seu círculo numa distância muito mais afastada da Luz Primordial do que sucedia há muitos milhões de anos, porque ela cada vez mais foi abandonada ao pesadume das trevas por meio dos seres humanos que se afastaram de Deus por presunção ridícula, num cultivo excessivo e unilateral do raciocínio, que só é dirigido para baixo, para a matéria grosseira, e aí permanecerá sempre, pois para isso foi dado, mas na suposição duma límpida capacidade recetiva de todas as irradiações e impressões do alto, dos páramos luminosos.

Ao cérebro anterior (*) cabe todo o trabalho do raciocínio para atividades exteriores nas camadas mais grosseiras, isto é, na matéria, cabendo todavia ao cérebro posterior a receção e transmissão, para elaborar as impressões de cima, que são mais leves e mais luminosas do que a matéria grosseira.

Essa ação conjunta e harmónica dos dois cérebros, dada aos seres humanos para seu benefício, foi perturbada pela propensão humana só para as coisas terrenas, isto é, para a atuação na matéria grosseira e, com o tempo, completamente suprimida, e a bem dizer quase estrangulada, porque o cérebro anterior, devido a ocupações mais intensas, acabou com o tempo se desenvolvendo mais em relação ao cérebro posterior, que permaneceu desprezado e se tornou por conseguinte mais enfraquecido e menos recetível. Com isso formou-se há milénios o mal hereditário através da reprodução na matéria grosseira, pois já as crianças traziam ao nascer o cérebro anterior muito mais desenvolvido que o cérebro posterior, donde se originou o perigo do despertar do pecado hereditário que consiste no pensar obrigatório, de antemão condicionado, exclusivamente para o que é terreno, portanto, para o que é desviado de Deus.

 

Isso será compreensível sem mais nem menos para qualquer ser humano de vontade sincera; além disso, eu o expliquei minuciosamente em minha Mensagem.

Todo o mal na Terra originou-se daí, pelo facto de o ser humano, devido à sua origem espiritual, ter podido fazer, com a sua vontade, pressão sobre tudo o mais existente na Terra, ao passo que exatamente ele, devido a essa origem espiritual, poderia e deveria ter agido, elevando, pois essa foi e é a sua verdadeira missão na Criação posterior, onde naturalmente tudo quanto é espiritual atua guiando. Mas pode guiar para cima, como seria natural, bem como também para baixo, quando a vontade do espiritual anseia predominantemente apenas para as coisas terrenas, como é o caso do ser humano terreno.

 

No saber da Criação já dado por mim em minha Mensagem, e nos esclarecimentos a isso ligados, do funcionamento automático das leis atuantes na Criação, que também podem ser chamadas leis da natureza, mostra-se sem lacunas todo o tecer da Criação, deixando reconhecer claramente todos os fenómenos e com isso a razão de toda a existência humana, desenrolando também em intangível sequência, de onde vem e para onde vai, dando por essa razão resposta a cada pergunta, assim que o ser humano procure seriamente por isso.

[…]

Aprendei a observar atentamente as correntezas nesta Criação e a utilizá-las direito, pois trazem em si a Vontade de Deus e com ela a Justiça de Deus em forma pura. E então tornareis a encontrar também vossa legítima condição humana, que fora arrebatada de vós.

Quanto sofrimento será evitado assim, e a quantas pessoas desejosas de fazer o mal entre as criaturas humanas será tirada também a possibilidade de ação!

A esse mal se deve atribuir também o facto de a descrição da existência terrena de Jesus, o Filho de Deus, não ser concorde em todos os pontos com os factos, razão pela qual no decorrer do tempo até hoje surgiu no pensar das criaturas humanas um quadro inteiramente falso. De idêntico modo foram distorcidas as palavras dadas por ele, como aconteceu com todos os ensinamentos que foram elevados a religião e que deviam trazer ao ser humano elevação e aperfeiçoamento do espírito.

E nisso reside também a grande confusão entre todos os seres humanos, que cada vez podem se entender menos, reciprocamente, o que faz crescer e florescer o descontentamento, a desconfiança, a calúnia, a inveja e o ódio.

Tudo isso são sinais infalíveis do progressivo enrijecimento na Terra!

Erguei vosso espírito, principiai a pensar e falar com visão ampla e total! Isto condiciona naturalmente também que trabalheis não somente com o raciocínio, que faz parte da matéria mais grosseira, como também que deis novamente a vosso espírito as possibilidades de guiar vosso raciocínio, que deve servi-lo, conforme as determinações de vosso Criador, que desde o início vos deixou surgir sem mácula aqui na Terra.

São tantas as coisas que já se acham na primeira fase do enrijecimento, que breve poderá ser tomado todo o vosso pensar, devendo seguir canais inflexíveis e férreos que só vos trarão ainda mal-estar, sofrimento sobre sofrimento, e que acabarão reduzindo vossa condição humana ao estado de máquina sem conteúdo, servindo apenas às trevas, distanciada de toda a Luz.

 

Abdruschin

 

(*) Nota de tradução: como cérebro anterior devemos entender o cérebro propriamente dito, e como cérebro posterior devemos entender o cerebelo.

 

Excerto da Dissertação, “Enrijecimento”, da obra “Mensagem do Graal” Na Luz da Verdade, volume I.

Esta dissertação (Pág. 63) pode ser lida em formato PDF, integralmente, ou descarregar o livro.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031





Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Favoritos