Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dissertação para leitura no próximo domingo (9.00 h - 10.00 h)

Local: A nossa consciência

 

Conquanto a Mensagem contenha em si tudo para mostrar aos seres humanos o seu caminho, o qual tem de seguir através da Criação, se quiserem subir às alturas luminosas, repete-se sempre de novo, individualmente, a pergunta angustiante; que devo eu fazer para realmente andar direito! Esse sentimento intuitivo atormenta a muitos, visto que o ser humano procura tornar tudo mais complicado do que realmente é. Precisa dessa maneira esquisita de dificultar tudo para si, porque não possui dentro de si força para cultivar com seriedade e fervor aquilo que é simples. Para isso toda a sua capacidade não é mais suficiente. Quando não vê dificuldades diante de si, nunca consegue reunir forças que possa utilizar, pois a falta de dificuldades torna-o logo comodista, paralisando por fim toda a sua atividade. Por esse motivo nem dá atenção ao que é simples, pelo contrário, logo que pode, ele próprio torna ainda mais incompreensível tudo o que é simples, através de torções, apenas para ter dificuldades em reconhecer, finalmente, o que está certo no torcido, certo esse que permanece ancorado exclusivamente no que é simples. Assim a criatura humana desperdiça continuamente força e tempo! O ser humano precisa de obstáculos para alcançar a meta, só assim ainda reúne as suas forças, fato que não consegue mais, quando vê as coisas diante de si de modo simples. De inicio, isso soa como se fosse uma grandeza, no entanto é apenas o sinal da maior fraqueza! Tal como um corpo enfraquecido necessita de estimulantes, a fim de ainda executar as suas atividades, da mesma forma o espírito humano, como incentivo, precisa primeiro ter a consciência de que tem de superar algo para alcançar um alvo, a fim de empregar nisso suas forças! Disso se originou também outrora a assim chamada ciência, que despreza tudo o que é simples e lança mão até do ridículo, apenas para ter algo mais que outrem e para brilhar. Todavia, não é apenas a ciência que assim age, já desde longo tempo, tendo erigido penosamente uma construção imaginária, que deve aparentar como grandioso algo que, para a Criação, é medíocre, artificial, convulsivo e torcido, sim, muitas vezes até estorvante.

 

O ser humano, individualmente, erigiu a estrutura de sua vida terrena de modo errado, desde a base! Demasiadamente complicada para ser sadia, apenas para ainda incentivar o indolente espírito, em sua presunção, a destacar-se diante de outrem, pois tão-somente esse esforço é também a legitima causa das mutilações e confusões de toda a naturalidade e simplicidade por intermédio desses espíritos humanos. A ambição de sobressair, a presunção de pesquisar e nisso estabelecer leis de um saber, que jamais poderá tornar-se verdadeiro saber, enquanto o ser humano ainda se recusar a receber de modo simples, com humilde devoção diante da grandeza de Deus. Isso tudo, porém, o retém embaixo. Nada existe que o ser humano de facto pudesse criar, se não tirasse daquilo que já se originou pela Vontade de Deus! Nem um único grão de areia conseguiria ele próprio tornar a criar, sem já encontrar na Criação toda a matéria para isso! Agora ainda não pode reconhecer quão ridícula impressão ele dá, mas tempo virá em que se envergonhará indizivelmente, desejosos de apagar de bom grado a época em que se julgou tão grande sabido!

(…)

Permitido vos é peregrinar conscientemente através da Criação! Entretanto, não deveis causar nenhum sofrimento a outrem, a fim de satisfazer com isso uma cobiça própria! Vivei segundo esta norma e sereis felizes, ascendereis aos jardins luminosos de vosso Deus, para ali colaborar alegremente nos ulteriores e eternos desenvolvimentos desta Criação.

 

Abdruschin

 

Excerto da Dissertação, Vê, criatura humana, como tens de caminhar através desta criação…, da obra “Mensagem do Graal” Na Luz da Verdade, volume III.

Esta dissertação (Pág. 111) pode ser lida em formato PDF, integralmente, ou toda a obra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5



Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031





Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Favoritos